O que é Corporação?

Na área administrativa de uma empresa, o termo corporação é associado à ideia de construir uma estrutura de diretrizes, regras e estatutos para guiar suas atividades. Corporação pode se referir não apenas a empresas, mas também a associações e órgãos públicos, como Forças Armadas e Polícia Militar, por exemplo.

No ramo empresarial, uma corporação pode ser composta por diversas companhias e envolvendo diferentes setores da economia. Sua estrutura é focada na organização da produtividade para obter mais lucro.

Já no mercado de capitais, é importante que o investidor saiba como uma corporação se organiza e atua para que possa escolher aquela que se encaixe ao seu portfólio de investimentos.

Como Investir nos Melhores Fundos

Qual a importância de uma corporação?

 

Ela pode ou não ter fins lucrativos e segue às leis do país e estado em que tem sede. Entretanto, a maior parte das corporações se estrutura para maximizar sua eficiência e minimizar os custos para obter lucro.

Para a criação de uma corporação, os acionistas devem eleger um conselho administrativo, responsável por comandar as atividades do plano de negócios.

Como funciona?

Legalmente, a gestão da corporação é separada dos proprietários e acionistas, funcionando como se fosse uma pessoa jurídica. Ou seja, o controle não fica concentrado nas mãos dos donos ou em um grupo seleto de acionistas. Trata-se de uma gestão pulverizada.

Como Investir nos Melhores Fundos

Neste formato, a responsabilidade pela empresa por parte dos acionistas é limitada. Eles têm participação nos lucros através dos dividendos e das ações, mas não estão envolvidos nas dívidas da companhia. Se é uma corporação com empresas de capital aberto, o número de acionistas é ainda maior.

Essa estrutura de empresa pode fazer negócios sem utilizar o nome do conglomerado, como é o caso da Alphabet Inc., por exemplo, que administra os serviços relacionados ao Google. Mas, publicamente, usa-se o nome do Google para divulgar novos negócios firmados.

Corporação B, ou B corps

Em 2007, Jay Coen Gilbert, Bart Houlahan e Andrew Kassoy criaram o B Lab, que é uma organização sem fins lucrativos para gerenciar o sistema de classificação que define uma empresa com o selo “B”, de benéfica.

No Brasil, este movimento é conhecido como Sistema B e já certificou mais de 139 empresas, sendo a Natura uma das maiores corporações na lista.

O selo compreende 180 critérios que tornam uma corporação benéfica, como a arquitetura sustentável dos prédios ou mesmo como os funcionários são tratados. O nível de transparência e responsabilidade na governança corporativa também são levados em conta.

A classificação tem o objetivo de fazer com que a sociedade conheça as empresas que dão um passo além do desejo pelo lucro.

Como Investir nos Melhores Fundos

Termo do dia

Persio Arida

Conheça quem é o economista Persio Arida e seu papel na idealização e implementação do Plano Real.