Open Nav Logo Mais Retorno

COPOM

O que é o COPOM?

COPOM é a sigla para Comitê de Política Monetária. Esse órgão foi criado na estrutura do Banco Central do Brasil, no ano de 1996 com o intuito de estabelecer as diretrizes da política monetária do país, além de acompanhar a evolução da taxa básica de juros, a famosa taxa SELIC.

Sua criação se deu em um contexto em que as principais economias do mundo já haviam instituído estruturas semelhantes para tornar o processo de decisões importantes sobre política monetária mais objetivo e transparente.

Para ficarmos apenas com alguns exemplos de comitês similares ao COPOM, podemos citar o americano FOMC (Federal Open Market Committee) e o MPC (Monetary Policy Committee), ligado ao Banco Central inglês.


Quem é membro e qual a estrutura do COPOM?

O COPOM conta com o presidente do Banco Central como membro, na posição de presidente do comitê mais especificamente, que também é quem detém o voto e qualidade no comitê. Os demais membros fazem parte das demais estruturas da diretoria colegiada do banco, são elas:

  • Diretor de Administração - Dirad;

  • Diretor de Política Econômica - Dipec;

  • Diretor de Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos - Direx;

  • Diretor de Fiscalização - Difis;

  • Diretor de Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural - Diorf;

  • Diretor de Política Monetária - Dipom;

  • Diretor de Regulação - Dinor;

  • Diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania - Direc

Como é a dinâmica das reuniões do COPOM?

A reunião do COPOM segue um rito próprio, voltado à embasar da melhor forma possível as decisões que dali sairão.

Em um primeiro momento, os membros do comitê assistem a apresentações técnicas do corpo funcional do Banco Central, que dizem respeito a evolução e perspectivas da economia nacional e das estrangeiras. Há uma preocupação em sinalizar as condições de liquidez e do comportamento dos mercados.

Na fase seguinte, os membros do COPOM se voltam a discussão das decisões a serem tomadas, que devem ser embasadas na avaliação do cenário macroeconômico e os principais riscos ligados a eles.

Todos os membros do Comitê tem direito a voto, que é aberto. As decisões do COPOM devem objetivar, primordialmente, o controle da inflação, que no Brasil é medido pelo IPCA - Índice de Preços ao Consumidor.

Quais temas são analisados?

Se pudéssemos resumir os principais temas discutidos nas reuniões do COPOM, teríamos a seguinte lista:

  • Conjuntura doméstica levando em consideração a inflação;

  • Atividade econômica do país;

  • Dinâmica e reservas internacionais;

  • Mercado de câmbio;

  • Mercado monetário.

Quando são divulgadas as decisões do COPOM?

As reuniões do COPOM acontecem 8 vezes a cada ano (a cada 45 dias), sendo que o calendário dos encontros é divulgado até o mês de junho do ano anterior.

As decisões tomadas no comitê são divulgadas no mesmo dia da reunião por meio de Comunicado no site do Bacen. As atas são publicadas no prazo de até seis dias úteis após a data da realização das reuniões.

A cada trimestre, o COPOM também divulga o Relatório de Inflação, que analisa a evolução recente e as perspectivas da economia, em especial da inflação.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão