Última modificação em 18 de junho de 2020

O que é Câmbio de Equilíbrio?

Câmbio de Equilíbrio é um conceito da economia, para o qual existem algumas definições possíveis. 

Uma dessas definições é que trata-se da taxa de câmbio que permite estabilizar ao longo do tempo o passivo externo do país (isto é, as obrigações financeiras que o país deve cumprir com o exterior). 

Outra definição é que trata-se da taxa de câmbio que, em longo prazo, permite igualar o valor das exportações com o das importações. 

Outra, ainda, é que trata-se do ponto em que, no mercado nacional, a oferta e a demanda pela moeda estrangeira (o dólar) se encontram.

Finalmente, a definição mais usada é que trata-se da taxa de câmbio que reflete uma paridade de poder de compra entre os dois países; ou seja, o valor expresso em uma moeda compra no seu país as mesmas coisas que o valor expresso na outra moeda compra em seu respectivo país.

Apesar de diferentes, todas essas definições guardam relação entre si. 

Como Investir nos Melhores Fundos

Entendendo o Câmbio de Equilíbrio

Para que seja mais fácil entender o assunto, optamos em trabalhar com a quarta definição de câmbio de equilíbrio: a taxa de câmbio que reflete uma paridade de poder de compra entre os dois países.

Vamos usar um exemplo.

Suponha que o câmbio de equilíbrio do real em relação ao dólar, calculada por economistas é de US$1,00 = R$4,50.

O que isso significa, na prática, é que, se é possível comprar um hambúrguer por US$1,00 nos EUA, então também é possível comprar um hambúrguer por R$4,50 no Brasil.

Se é possível comprar um livro com US$10,00 nos EUA, então é possível comprar o mesmo livro com R$ 45,00 no Brasil.

Se um computador custa US$1.000 nos EUA, então um computador da mesma marca e modelo custa R$4.500 no Brasil.

Como é calculado o Câmbio de Equilíbrio?

Não existe um valor fixado da taxa de câmbio de equilíbrio, nem para a moeda brasileira, nem para a moeda local de qualquer país.

Em primeiro lugar, esse valor muda com a passagem do tempo, influenciado por variações em outros aspectos da economia, como a inflação dos preços. Em segundo lugar, não existe um consenso absoluto em relação a como deve ser calculado o câmbio de equilíbrio.

Por esse motivo, acadêmicos da área de Economia trabalham com diferentes métodos e modelos para calcular essa taxa, e discutem os pontos fortes e fracos de cada um deles. Essa é uma questão em aberto.

Por que o Câmbio de Equilíbrio é relevante?

Calcular a taxa de câmbio de equilíbrio é uma forma de revelar a verdadeira relação entre duas moedas e, dessa forma, medir a diferença entre as duas economias.

Por exemplo, uma coisa é saber que a taxa de câmbio praticada no mercado é de US$1,00 = R$5,50. Outra coisa, muito diferente, é saber que a relação de equilíbrio entre as duas moedas seria US$1,00 = R$10,00. Em outras palavras, saber que é preciso 10 vezes mais moeda brasileira para comprar a mesma coisa que se compra nos EUA. 

Então, mesmo que um trabalhador ganhe o mesmo valor por hora nos EUA e no Brasil – digamos, US$ 10,00 por hora lá e R$ 10,00 por hora aqui –, o brasileiro ainda vai precisar trabalhar 10x mais para comprar o mesmo que um estadunidense.

E isso é no melhor dos cenários; se o trabalhador brasileiro ganhar um valor por hora menor do que o estadunidense, a situação fica ainda mais desigual.

É importante perceber que não estamos falando de uma diferença puramente monetária, mas de uma questão econômica que afeta o padrão de vida das pessoas em cada um dos países.

Termo do dia

Ágio

O que é o ágio? Ágio é um termo utilizado no mercado financeiro para designar a diferença entre o valor de mercado de um produto e…

Veja outros termos