Open Nav

Banqueiro

O que é um banqueiro?

O banqueiro é a expressão em inglês que se refere ao dono de um banco (podendo ele ser diretor, proprietário ou sócio).

Ter um banco não é para qualquer um, não é mesmo? São empresas que possuem alto volume da capital e, desta forma, é uma atividade restrita para uma parcela bem pequena da nossa população.

Ou seja, estamos falando de pessoas responsáveis por empresas que fazem o gerenciamento de recursos financeiros e são, portanto, grandes acumuladores de riqueza.

Como Investir nos Melhores Fundos

Qual é o termo certo: banqueiro ou bancário?

 

Os bancos são instituições bem particulares em relação a outros tipos de negócio. Estamos falando, afinal, de uma empresa cujo seu produto é o próprio capital — enquanto outras organizações negociam produtos e serviços para obter dinheiro em troca.

Nesse contexto, existem dois cargos específicos de uma instituição financeira que são banqueiro e bancário. Afinal, qual dos dois é a termologia correta para o cargo de dono de um banco?

Se você apostou em banqueiro, acertou. Ele é o dono do banco e, portanto, seu dono ou sócio (no caso de dividir a propriedade com outras pessoas também).

O bancário, por sua vez, é apenas o funcionário do banco. Ou seja, ele presta serviços para uma instituição bancária, mas nem de longe comanda ou é o sócio desse tipo de empresa.

Embora os termos sejam próximos e possam confundir, você já sabe que um banqueiro é o dono do banco (e não um colaborador deste).

O que faz um banqueiro?

Para entender a função do banqueiro dentro de uma instituição bancária, nós podemos recorrer ao auxílio de diversas analogias simples.

Uma delas é o clássico jogo de tabuleiro Banco Imobiliário, onde os jogadores tentavam comprar propriedades e enriquecer mais do que os demais participantes do jogo. Nele, uma pessoa ficava responsável por gerir o dinheiro existente que, em tese, poderia ser o banco do jogo.

O banqueiro tem exatamente essa função, mas gerenciando todos os recursos da sua organização financeira. É claro que esse exemplo foi apenas uma situação simples para entender o conceito. Na prática, gerenciar um banco é muito mais complexo do que pode parecer inicialmente.

É preciso lidar com impostos, pagamento de funcionários, taxas, entender as movimentações econômicas e, acima de tudo isso, gerar lucro. Vale lembrar que o banco é uma instituição com fins lucrativos e cabe ao banqueiro direcionar as estratégias para atingir esses objetivos.

Em outros tempos, o banqueiro tinha uma atribuição muito mais administrativa ou operacional do que acontece atualmente. Questões administrativas, aliás, costumam ficar a cargo de um diretor contratado para essa atividade, deixando o dono do banco focado em questões estratégicas.

O que fazer para ser um banqueiro?

Ao contrário de outros cargos empresariais, ser um banqueiro não apresenta qualquer pré-requisito técnico que não seja possuir de uma quantidade significativa de capital. É uma função de alto poder aquisitivo.

Isso porque, nesse caso, o banqueiro é o dono de um negócio. Você não precisa ter qualquer formação para abrir uma padaria ou uma farmácia, por exemplo. Ao mesmo tempo, essa é uma prática recomendável, pois quanto mais conhecimento possuir sobre uma área, as chances de sucesso do negócio aumentam.

Vale observar que abrir um banco é diferente de executar funções administrativas ou financeiras. Nesse caso, é necessário ter alguma formação relacionada como Administração, Economia ou Ciências Contábeis.

O salário do banqueiro será o lucro obtido ao longo do ano. Para isso, o banqueiro precisa ter uma boa gestão, especialmente equilibrando entradas e saídas do seu caixa e permitindo que o banco seja lucrativo ao final do período.

 

Como Investir nos Melhores Fundos

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados