Você já teve uma ideia, considerada realmente inovadora e quis colocá-la em prática?

Da mesma forma ocorre com as startups, que possuem como princípio inovar e unir diferencias para o mercado, revolucionando muitos aspectos em suas áreas.

E para que de fato, estas startups sejam criadas, é necessário ter um apoio financeiro, onde o investidor poderá acompanhar e auxiliar no sucesso desta instituição. Já pensou? Você investindo em uma startup que um dia poderá se tornar uma grande instituição, como: Uber, Nubank, 99, entre outros.

Pensando nisso neste texto você encontrará o que são startups e como você pode investir!

Por isso, continue lendo para saber mais sobre:

  1. Mas afinal o que é uma startup?
  2. Como investir em Startups
  3. Qual a melhor estratégia para ganhar dinheiro com Startups?

MAS AFINAL O QUE É UMA STARTUP?

O que é uma Startup

São empresas nascentes que utilizam a tecnologia de forma a escalar o seu negócio. Ou seja, empresas que não precisam de muita equipe para conseguir crescer muito e atender vários lugares do país, pois utilizam a tecnologia para atender estes clientes.

Todas as empresas tecnológicas quando nascem são classificadas como startups e só depois de atingir um patamar de faturamento e clientes mudam esta classificação.

E geralmente precisam de recursos para poder crescer e se desenvolver, visto que muitas vezes precisam trabalhar num modelo de investir muito no produto antes de começar a faturar. Isso porque estas empresas sempre procuram ter o produto que proporcione a melhor experiência para o cliente e isso é colocado acima de tudo, inclusive do faturamento.

Hoje em dia, todas as grandes empresas de tecnologia do mundo já foram startups que receberam bons aportes de diversos investidores, o que permitiu que estas empresas pudessem se preocupar mais em fornecer uma excelente experiência com o seu produto ou serviço antes de se preocupar em vender um produto a todo custo.

Desta forma o cliente ao ser encantado com o produto dessas startups tem muitas chances de os indicar para seus amigos e familiares, aumentando assim a base de clientes da startup.

COMO INVESTIR EM STARTUPS

Como investir em Startups

Tá, muito legal isso, mas imagino que somente quem tem muito dinheiro consegue investir em startups, certo? Errado!

A CapTable é uma plataforma de investimentos online que te permite investir em startups a partir de R$ 1 mil reais.

E como isso funciona? Simples, você entra no site e em apenas 4 passos (cadastro, valor a investir, confirmação dos termos e TED) pode se tornar um investidor de empresas com alto potencial de crescimento. Ou seja, seu dinheiro pode se multiplicar muitas vezes (além de permitir que você receba os lucros anuais destas empresas).

Mas o que eu estou adquirindo ao investir? Você receberá um contrato de Mútuo Conversível em Ações. Este contrato pode ter algum dos 5 fins:

  1. A empresa da qual você é investidor é comprada por outra antes de completar 5 anos da data do seu investimento. Nesta situação, você receberá a sua parte, proporcional ao percentual que você tem investido.
  2. Sua empresa recebe um novo aporte e você poderá ser diluído. Lembrando que isso é bastante comum no mundo das startups, e não pode ser considerado algo negativo, pois por mais que você seja diluído, o fato de receber um novo aporte provavelmente estará aumentando o valor da empresa e, consequentemente, apreciando a sua participação. Nesta situação, é bastante provável (a serem preenchidos alguns pré-requisitos estabelecidos no material da oferta), que a empresa seja transformada em uma S/A, e você converterá o seu mútuo em ações. Assim, você passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio.
  3. Após o prazo de 5 anos, a empresa atingiu os critérios de crescimento pré-definidos, fato que a obriga contratualmente a ser transformada em S/A. Você converterá o seu mútuo em ações e passará a receber dividendos e a usufruir da valorização do negócio.
  4. Empresa não vira uma S/A (visto que não atingiu os critérios de crescimento estabelecidos no material da oferta), e você receberá seu investimento corrigido por um percentual pré-definido do CDI (valor informado no material da oferta).
  5. Empresa quebra e seu investimento se perde. Investir em empresas escaláveis é arriscado, e este cenário deve ser considerado. Entretanto, utilizamos de vários artifícios para mitigar a chance disto ocorrer.

QUAL A MELHOR ESTRATÉGIA PARA GANHAR DINHEIRO COM STARTUPS?

Melhor estratégia para ganhar dinheiro com Startups

Eu sei que você não tem tempo para acompanhar o mercado de startups todos os dias para saber quais são as empresas com boas perspectivas de explodir. Além disso, mesmo que você viva ligado no ecossistema, é impossível garantir que você vai acertar sempre.

Sendo assim, qual a melhor forma de capturar os retornos exponenciais característicos desse mercado?

A primeira coisa que é preciso entender é que, com o tempo, uma parte das startups deixarão de existir, ou trarão um resultado mediano. Mas que, apesar disso, alguns desses negócios um dia serão empresas do porte do Uber, do AirBnB e do Facebook.

Algumas não vão dar certo, e isso faz parte do jogo, mas as outras vão bombar e mudar o mundo.

Se formos avaliar de perto os resultados dos fundos de Venture Capital, vamos ver que 30% das empresas investidas não tiveram sucesso. Falharam, foram à falência e o aporte do fundo virou pó.

Outros 50% dos negócios andaram de lado e nunca estouraram.

Mas estamos interessados nos últimos 20% das empresas, que são aquelas cuja valorização pagou pelos 30% perdidos e ainda gerou uma boa rentabilidade para o capital do fundo.

É comum que o valor de startups que deram certo se multiplique por 5, por 10, ou até por 100 vezes. Não há limites.

Assim, mesmo considerando que o fundo perdeu tudo em 30% das escolhas de investimentos, essas empresas que estouram compensam a perda e ainda geram resultados consistentes.

É assim que funciona a lógica de qualquer empresa de Venture Capital. Eles já sabem de antemão que várias das empresas vão simplesmente dar errado – e não estão preocupados com isso, porque sabem que algumas empresas vão se valorizar tanto a ponto de, no agregado, fazer com que a performance do fundo seja muito positiva.

E é assim que você vai ganhar dinheiro investindo em startups.

Separe a quantidade de dinheiro que você está disposto a aportar e divida o seu investimento entre os projetos que você acha que têm potencial de bombar.

Ao invés de apostar pontualmente em um único negócio, você irá montar um portfólio de participações, para que você aumente a sua chance de acertar a empresa que vai lhe trazer retornos fora do comum.

Mas o melhor é: os negócios disponíveis para investimento na Cap Table já tiveram o seu produto validado pelo mercado e foram sabatinados e selecionados segundo critérios rígidos.

Além disso, os empreendedores recebem suporte, mentoria e acompanhamento ao longo da sua trajetória. O resultado é que a chance de errar nos investimentos já é muito menor de saída.

Continuaremos essa série sobre investimentos em startups em novas publicações para ajudar a explicar outros pontos relacionados a esse tema, dentre eles:

  1. Como a CapTable faz para conseguir garantir que as empresas que estão captando são serias?
  2. Esse tipo de investimento é regulado?
  3. Como funciona o investimento e como acompanho o desempenho das empresas investidas?
  4. Qual o retorno e o imposto que pago sobre isso?

CONCLUSÃO

Como você viu, o investimento em startups pode ser uma alternativa muito interessante de diversificar seus investimentos, sendo inclusive muito acessível até para o pequeno investidor.

O que falta para você começar seus investimentos nesse ramo? Ficou com alguma dúvida? Comente abaixo!

Compartilhe esse texto para que muitos outros investidores também conheçam mais sobre o investimento em startups:

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais:

Startups são um bom negócio? Saiba como investir!
5 (100%) 6 votos

Importante: As opiniões contidas nesse artigo são do autor do texto e não necessariamente refletem a opinião do Mais Retorno.