Open Nav Logo Mais Retorno

Socialismo

O que é Socialismo

Socialismo é um termo genérico, usado para se referir a uma gama de sistemas socioeconômicos, cuja característica em comum é a propriedade social dos meios de produção e a autogestão dos trabalhadores.

Existem muitas variedades de socialismo; por exemplo, o conceito de propriedade social pode ser de natureza pública, coletiva ou cooperativa.


História do Socialismo

As filosofias que deram origem ao socialismo já apareciam em meados do século XVIII, como resposta a preocupações com problemas sociais associados ao capitalismo.

Já no século XIX, algumas das obras mais importantes que consolidariam o pensamento socialista começavam a ser publicadas, como os trabalhos de Karl Marx. Um deles foi o Manifesto Comunista, de 1848.

Entre 18 de Março e 28 de Maio de 1871, a Comuna de Paris manteve o controle da capital francesa, como resultado de uma revolução após a derrota do país na Guerra Franco-Prussiana. Esse breve governo foi considerado uma experiência com tendências socialistas.

Mais tarde, na primeira metade do século XX, algumas nações passariam por revoluções e adotariam o socialismo. Foi o caso da Rússia e outros países do leste europeu, que formaram a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, assim como de Cuba e da China.

Sistemas socialistas de mercado

Em alguns casos, o socialismo pode estar associado com uma economia de mercado. Então, a economia do sistema adota preços monetários e é influenciada por fatores como oferta e demanda, sendo que, em alguns casos, até admite a geração de lucro (que pode ser tratado como uma forma de dividendo social).

Em outros casos, o socialismo não se vincula à economia de mercado. Então, a economia do sistema substitui dinheiro e fatores como oferta e demanda por critérios técnicos baseados em cálculos, projeções e planejamentos de especialistas, produzindo uma "economia mecânica" que funciona de acordo com leis próprias.

Existe um debate sobre qual das alternativas seria melhor para atingir a eficiência e evitar crises em um sistema socialista.

Política no Socialismo

Assim como na economia, na política o socialismo também é muito diversificado. Os sistemas socialistas podem ter uma orientação nacionalista ou internacionalista. Eles podem se organizar em partidos políticos ou ser contrários a essa divisão. Eles também podem ter uma forte influência dos sindicatos e órgãos de classe ou criticar essas entidades.

Críticas do Socialismo ao Capitalismo

Como já vimos, o socialismo desenvolveu-se a partir de um descontentamento com o capitalismo. Entre as críticas que os defensores do socialismo apresentam ao capitalismo, podemos destacar três.

Em primeiro lugar, e a mais comum, é a crítica ao fato de que o capitalismo é "injusto", apoiando-se necessariamente na desigualdade entre grupos sociais e aprofundando essa desigualdade.

Em segundo lugar, alguns especialistas afirmam que o capitalismo é insustentável, especialmente porque ele exige uma exploração cada vez maior de recursos naturais que eventualmente se esgotarão.

Em terceiro lugar, também há quem afirme que o capitalismo é inimigo da democracia, na medida em que propicia, junto com a concentração de riqueza, a concentração de poder na mão de poucos.

Críticas ao Socialismo

Pensadores que defendem o sistema capitalista levantam diferentes críticas à proposta do socialismo.

Uma dessas críticas é o problema do incentivo. Em outras palavras, o socialismo acaba com o incentivo para que as pessoas desenvolvam certas atividades, já que não existe recompensa financeira adicional para elas. Então, torna-se difícil encontrar pessoas para trabalhos desconfortáveis ou perigosos.

Outra crítica é o problema do cálculo. Um dos pensadores que tocaram nesse ponto foi Ludwig von Mises. Segundo ele, no socialismo é impossível realizar qualquer cálculo preciso em relação à economia, porque não existe uma informação essencial, o preço. Assim, o planejamento econômico é necessariamente falho.

Socialismo como um arquétipo

Alguns pensadores, como Herman Hoppe, defendem que o socialismo (assim como o capitalismo) é um arquétipo, e só existe de forma pura no campo da teoria.

Enquanto isso, todo sistema real é uma combinação de elementos do socialismo com elementos do capitalismo. Ou seja, todo sistema real consiste em um equilíbrio entre o controle do Estado e a liberdade de ação dos indivíduos na economia.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados